sábado, 3 de janeiro de 2009

E era amor



um golpe de ar
num inverno que não gelava
sapato de salto
cinta-liga e atitude

lances de escadas pintadas em vermelho
luz difusa
com fumaça de cigarro
e um cavanhaque

poetas
mesa de bar
vinho tinto, conhaque
e água mineral

num desatino o olhar atraiçoa e voa
a mira é certeira
a boca qual doce, molha-se em caldas quentes
e curvo-me docemente


texto by Solange Mazzeto
desconheço a autoria da imagem

sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

Memórias

Memórias

navegando entre ondas fortes
na minha ânsia senti tua pressão
teu corpo como imã colado ao meu
senti teu tesão tão misturado com o meu que eu não sei até hoje de onde saia tanto fogo

quando me lembro de você, já não é mais com uma saudade dolorida
a recordação é sentida com a alegria que tem um náufrago ao encontrar terra firme

entendi que tudo tem tempo e hora pra terminar
entendi que existem coisas eternas só no que diz respeito à alma e não a carne

um dia talvez, quem sabe, não é...
você nem estará mais em minhas memórias
será como o rio que passa e não repete suas águas...


by Solange Mazzeto
eXTReMe Tracker

Marcadores