sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

Memórias

Memórias

navegando entre ondas fortes
na minha ânsia senti tua pressão
teu corpo como imã colado ao meu
senti teu tesão tão misturado com o meu que eu não sei até hoje de onde saia tanto fogo

quando me lembro de você, já não é mais com uma saudade dolorida
a recordação é sentida com a alegria que tem um náufrago ao encontrar terra firme

entendi que tudo tem tempo e hora pra terminar
entendi que existem coisas eternas só no que diz respeito à alma e não a carne

um dia talvez, quem sabe, não é...
você nem estará mais em minhas memórias
será como o rio que passa e não repete suas águas...


by Solange Mazzeto

4 comentários:

Victor Gil disse...

Solange, agradeço a visita ao meu blog. As fotos são do meu filho e os poemas meus. Gosto do teu blog, sobretudo da poesia, da sensualidade que sai das suas palavras, da saudade, das memórias. Acho que me identifico um pouco com elas. "Memórias", é lindissimo e diz-me muito. Trabalho longe da família, portanto é normal sentir-me assim. Vou seguir o seu blog com atenção. Também vi as suas fotos no Olhares.com, ao comentar as fotos do meu filho. São auto-retratos da tua sensualidade. Gostei, um beijo.

Solange Mazzeto disse...

Oi Victor, eu que agradeço tuas gentis palavras. Como gosto de dizer, escrevo sem medo de ... nada, e faço as fotos com esse mesmo jeito, sem medo, rs

bj

Cris Ghidella disse...

ocê acha que vai se perder de mim..nananinanão..rss
Zôia eu aqui Solllll
meu blog ta fechado paradão mais assim que eu tiver um tempinho abro lá para vc amiga e já estou favoritando teu blog para poder acompanhar sempre destas belas palavras que vc sempre compartilha com a gente

Bjão
Lunarosa

Solange Mazzeto disse...

Oi Cris, quando abrir o seu me avisa querida!
Brigada viu pelo carinho todo, beijoooooooooo

Feliz de ter vc como amiga

So

eXTReMe Tracker

Marcadores