terça-feira, 24 de março de 2009

Algumas



algumas palavras
saem tangendo limites
arrebatando seres
cobrindo multidões

algumas verdades
são punhais de ouro
que maculam a alma
e corroem ossos

algumas pedras
são demônios
outras
são covardemente
certeiras

algumas tochas
iluminam o escuro
outras atravessam a lança
da luz

algumas palavras
me caem como gota
de um veneno insano
onde a tragédia
me [re] compõe



by Solange Mazzeto

imagem by Clara Pechansky

4 comentários:

Regina Fernandes disse...

Simples assim, palavras são dor e amor.
Bjs
Linda terça

Sole disse...

oi Regina! É Regina, tens razão!
um beijo

Victor Gil disse...

Algumas vezes és a estrada,
derrubas os muros do tempo.
Às vezes rosa abandonada,
largando pétalas ao vento.

Algumas vezes somos... assim.
Um beijão querida amiga.
Victor Gil

Sole disse...

oi Victor!
às vezes, não somos nada, mas como dizia Pessoa, temos todos os sonhos do mundo!

um beijo

eXTReMe Tracker

Marcadores