domingo, 1 de março de 2009

Simples



simples roda
que me redonda a vida

um cílio no futuro
um ariscar de letras

sonho refeito
acreditar no começo,
no meio
e no recomeço

simples roçar de dedos
num olhar que
conta alguns segredos

simples crer
que finais não existem
coexistem
consistem
mas não acabam nunca

simples passo
até uma mão estendida
no fiapo de uma vida

simples esfumaçar de lanças
que se desfolham
na ferida

e tudo é tão simples
no simplismo vital
em alarmantes sons
diante do sinal

do sinal
que
faz-nos sentir pássaros



by Solange Mazzeto
desconheço a autoria da imagem

6 comentários:

Regina Fernandes disse...

"sonho refeito
acreditar no começo"...

Compartilho desse sentimento.
Bjs
Lindo domingo.

Sole disse...

Olá Regina, é semrpe bom crer no Bem né, é mais viável, bjo moça!

Victor Gil disse...

"simples roçar de dedos
num olhar que
conta alguns segredos"

Esta é a minha frase favorita. É bom termos alguns segredos. Acho que todos os poetas os têm. Também estou completamente de acordo com a Regina. Um beijão.

Victor Gil disse...

Pisa certo a tua estrada,
derruba os muros do tempo,
só a rosa abandonada,
larga as pétalas no vento.

Para todas as mulheres livres.
Neste Dia Internacional da Mulher, um beijo de um homem livre.

Poeta do Simples disse...

minha afeição pelo simples mede-se pelo admiração a tua escrita!

lindo sol...

bjos

Sole disse...

Arthur, brigada meu lindo, q alegria ver-te meu meus escritos, bjokas

eXTReMe Tracker

Marcadores