domingo, 31 de maio de 2009

Tudo é [quase] questão



ser, não ser

é a questão do saber

do não saber

do ter

do não ter

do encontro, desencontrado em tanto beco e tanta estrada

um ‘zumzumzum’, um arrepio

uma idéia [des]esperada

um anjo morno

um ativo

a oração...

tudo é válvula de escape

um céu sem nuvens

o pássaro que voa bem alto

a lanterna de papel...

e tudo vira assunto besuntado em lágrimas e sorrisos estreitados

o Universo conspira, inspira

reclama, manda recadinho torto

a vida ganha, perde, lava...

a fita da vida afrouxa, esgarça, prende

... desaparece no anoitecer [amanhecer] das pálpebras...



imagem e texto by Sole Mazzeto

2 comentários:

Regina Fernandes disse...

Complementos!! Se existe um há de existir o inverso e aí existe tudo!
Ótimo domingo.
Bjs

Sole disse...

Regina, belo comentário esse seu, entendi melhor o que eu mesma escrevi, valeu viu!

bjão

eXTReMe Tracker

Marcadores