sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Tua alma é bela

o luto me esconde o sorriso
um negrume disse...
coisas no ouvido

amordaçaram minha boca

ouvi sinos tocando
será imaginação?

me disseram: tua alma é bela


mas me sinto fera
quase estou leoa no cio
querendo matar o prazer que sinto


by Solange Mazzeto

6 comentários:

Victor Gil disse...

Ora bem! Cá temos a nossa amiga SOLE, de regresso em pleno, para nos deliciar com os seus poemas, umas vezes sensíveis, outras vezes melancólica, outras vezes mais atrevidos, mordazes e com algo de humor. Gostei.
Um beijo minha boa amiga.
Victor Gil

Fred Matos disse...

Ótimo poema, Solange.
Beijos

Sole disse...

Fred, muito bom vc por aqui [de novo], bjo e brigada

Sole disse...

Victor, bom q vc gostou, amo as minhas miscelânias na hora de escrever. E amo mais ainda que as pessoas curtam isso em mim.

bjos

Regina Fernandes disse...

Cada vez que venho aqui me encanto mais! Amei!

Bjs

Sole disse...

Oi Regina! Ah! Tão bom saber disso, fico felizinha que só vendo ^^

brigada querida, ótimo sábado pra vc, aí no mar... [ai que inveja, rss]

eXTReMe Tracker

Marcadores