quarta-feira, 23 de julho de 2008

"Pintas"




"PINTAS"

Pintas que vejo
e pulsando de desejo
quiçá, um dia, meus lábios sintam
(que não em pensamento )

pontos de mar escuro
refletindo teus pedaços de prazer tão certos
luzes que envolvem e fecham o circulo
dos sonhos de olhos abertos

pintas que beijam e lambem
como derrame de tinta numa tela
aconchego de pelos e pele atiçando meu fetiche
desenhado com as gotas mornas de tua seiva

que
pinta
borda
transborda e
goza...

© Fábio Reoli [o poema]
foto de Solange Mazzeto
tratamento da foto por Jean Carlo

3 comentários:

Jean Carlo disse...

Uaaaaaaau

F. Reoli disse...

Nada como uma "visão de paraíso" para tornar ainda mais quentes as palavras!
Beijos de Sol na Sol

EboRâguebi disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
eXTReMe Tracker

Marcadores