domingo, 17 de agosto de 2008

Ervas frescas










adoro cheirá-las
uma menta pro chá, o alecrim pra abençoar
plantas são estrelas na terra, morangos na cidade grande, colhê-los, levar a boca e saborear...
paixão, tenho paixão por ervas frescas, inebria o paladar, preparar uma maminha com um bouquet de ervas frescas não tem nada igual, e acompanhada de umas batatas coradas, hum... aumenta o paladar...
e marinar uns tomates com manjericão roxo e tomilho e uma bela folha de louro? delícia das delícias
e além do mais, colocando ervas frescas no alimento, você está ingerindo saúde, por exemplo, o tomilho inibe a gordura da carne, o louro auxilia na digestão, facilita pra caramba, se você se excede na comilança, tome um chá de folha de louro, não forte, chás não podem ser fortes, chá é quem nem carinho, tem que ser levezinho, e sem açúcar pro efeito das ervas serem mais aproveitados
Bom, eu tenho paixão por coisas assim, eu sinto necessidade de me aproximar da terra, com ou sem espaço, recomendo o plantio de ervas, comece com a cebolinha, aquela mesmo que você compra na feira, ela vem com raiz, plante num vasinho, coloque próxima a sua janela e veja a maravilha que é o primeiro broto, lembra quando no colégio colocávamos o feijão pra brotar? num chumaço de algodão? que sensação boa de plenitude sentíamos? é daí... pra mais, o cultivo de ervas frescas...
ah e uma dica, se fizer uma horta, coloque entre as mudas, cravos, pois as pragas irão para eles e não atacarão suas ervas, será por isso que se chama cravo-de-defunto?







by Solange Mazzeto [imagem e texto]

2 comentários:

F. Reoli disse...

Ervas eu não cheiro...eu fumo!!! rsrsrsrs
Beijos

Solange Mazzeto disse...

ai sr Reoli, ai, ai, rss

bju

eXTReMe Tracker

Marcadores