sexta-feira, 1 de agosto de 2008

A mesma mão que abençoa... amaldiçoa



ontem te amaldiçoei, não quis pensar em religião, só pensei no que passei em tua mão
imagina que eu quis voltar pro casulo, já sendo borboleta morta!!!

ontem, eu regurgitei teus dedos
me apalpei como dantes
percebi meus seios mais vibrantes

ontem eu renasci porque
sou uma pessoa impossível no mundo

ontem percebi nitidamente que não sou como você
e nem quero ser [m a i s ]

hoje é outra realidade
e minhas asas me sacodem
ornamentam minha mão
e me abençôo
desconheço a autoria da imagem
texto by Solange Mazzeto

Nenhum comentário:

eXTReMe Tracker

Marcadores